segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Brocéliande - A Floresta de Merlin

Muito me admirei quando, na busca por quaisquer informações em português, encontrei muito pouco a respeito de Brocéliande, também conhecida como a "Floresta de Merlin".
Há poucos dias numa visita a um sebo da cidade, deparei-me com um fantástico livro de Jean Markale chamado "Merlin, O Mago". Logo no prefácio, o autor declara: "Ao se passar a noite  na Floresta de Brocéliande, ouvem-se, às vezes, estranhos ruídos nas árvores. Os céticos dirão que é o vento que sopra nos galhos; outros dirão que talvez seja a voz de Merlim a nos indicar o grande caminho da aventura humana".
Merlin é cidado diversas vezes como "o selvagem" ou "o louco dos bosques", isto segundo narrativas como "Vita Melini", de Geoffrey de Monmouth. Ou seja, ele é o mago solitário que habita os bosques à procura da sabedoria e do entendimento. Diversos relatos destes bosques se encontram na literatura onde Merlin aparece e 'Brocéliande' é nome dado a esta floresta.
Merlin & Viviane em Brocéliande
A localização exata de Brocéliande ainda é fruto de grande discussão mas acredita-se que o local é onde hoje está a Floresta de Paimpont, na Bretanha (não confundir com a Grã-Bretanha), França. Esta região foi habitada pelos antigos gauleses onde, inclusive, se encontra o famoso túmulo de pedras onde acredita-se estar os restos mortais do mago.
Segundo as lendas, de tempos em tempos o mago voltava ao bosque para reencontrar a espiritualidade dos antigos druidas que comungavam com a natureza e se recusavam a construir templos de veneração aos deuses. Eles acreditavam que a divindade só poderia ser acessível no âmago das florestas, no "Nemeton" (leia o post sobre os Nemetons).
De acordo com Jean Markale, a Floresta de Brocéliande cobria todo o centro da península, mas hoje restam apenas alguns bosques como o de Paimpont onde, segundo relatos, é considerado o bosque onde se desenvolveram diversas façanhas nos mitos arthurianos.
O grande Merlin já conhecia os poderes da floresta e até hoje Brocéliande é considerado um local místico onde, acredita-se, o espírito do mago perambula em meio a paisagem feérica.

Suposta tumba de Merlin

4 comentários:

Ëldrich Hazel "O Verdejante" disse...

Mais um brilhante post deste irmão querido e estudioso, gratidão por compartilhar, li um pouco á respeito de Merlim, e tenho um livro aqui em casa chamado "Em busca de Merlim" de Adam Ardrey, embora um tanto controverso ele revela que Merlim tinha uma irmã gêmea, Languoreth, que foi ocultada da história por motivos patriarcais, e que mais tarde foram feitas versões delas como a própria Viviane e Morgana.
Forte abraço...AWEN /|\

Ëldrich "The Green"

Hugo Mendes (Oengus) disse...

Obrigado Eldrich.
As histórias de Merlin são realmente muito controversas, a história da irmã de Merlin um tanto mais. Dizem inclusive que além de irmãos eram amantes e, posteriormente, converteu-se na aprendiz Viviane. São muitas especulações... Seria preciso mais de um post para "Merlin", mas já estou elaborando.
Agradeço sua gentil visita!!
Blessed be

Daniela Oliveira disse...

Olá Hugo! Gostei mtu do seu blog, venho há 1 mês estudando arduamente sobre o rei Artur e os celtas, tendo sonhos elucidativos e tentando traçar um percurso físico da existência dos personagens da lenda...a maioria do conteúdo que tem disponível na internet aponta pro sul da Grã Bretanha.....eu tinha algo na minha intuição clamando pela França e sei que existem colégios druidas que ainda fazem rituais em Paimpont para desencadear os elementais.....você acredita que a lenda de Artur seja originária da França e não da Inglaterra?

Hugo (Oengus) disse...

Olá Daniela, obrigado pela visita.
Esta é uma excelente questão, já que a lenda do Rei Arthur é repleta de alegorias.
As origens estão perdidas nas brumas do tempo, porém, Arthur como conhecemos hoje, foi mesmo criado na Inglaterra, porque foi depois da obra de Sir Thomas Malory que ele se tornou um ícone. Um personagem fictício que todos queriam tornar real.
Tenho um documentário no canal que é muito bom e acredito que vá gostar. Qualquer coisa podemos conversar pela página do facebook.

Saudações,

Link do documentário: https://www.youtube.com/watch?v=WfhFF57jiRs

Postar um comentário